Após erro na troca de corpo, a Agente de Saúde, Silvana Nardes, vítima da Covid-19 foi sepultado

28 de agosto de 2020
awr

Finalmente, depois da troca do corpo pela funerária em Cuiabá, a Agente comunitária de Saúde de Primavera do Leste, Silvana Nardes, de 43 anos, que morreu de Covid-19, foi sepultado no início da noite de ontem (27). O corpo dela foi trocado pelo corpo de um homem, por erro de um funcionário da funerária.

Silvana atuava como agente de saúde há oito anos na Unidade de Saúde da Familia 2, no Centro Leste.

O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 disse que Silvana deu entrada na UPA no dia 14 de agosto. No dia 19 foi transferida para a UTI de um hospital em Cuiabá, onde permaneceu internada até o falecimento.

Amigos e parentes chegaram a fizer um cortejo ontem, quinta-feira (27), que marcou a despedida da agente comunitária de saúde, mas o corpo estava trocado.

Em seguida, o corpo da agente foi sepultado e a funerária alegou que o funcionário não era  experiente na função causando a troca do corpo da agente com o corpo de um homem.

A Prefeitura de Primavera do Leste emitiu uma nota de pesar pela morte dela. “Ela sempre foi vista como uma oite brilhante profissional e se destacava pela proatividade, seu perfil de liderança, e voz ativa para defender o que acreditava como justo”, diz a nota. Ela deixa o marido e um filho.

Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: