Gallo: MT está preparado, mas precisa da União para manter UTIs

Sem BANNER

24 de novembro de 2020
bf5a01052200b3083a1da88fa8f6db04

Secretário diz que Estado tem dinheiro em caixa para comprar vacina, mas aguarda Governo Federal

O secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, afirmou que Mato Grosso está preparado para uma possível segunda onda do novo coronavírus e, inclusive, com dinheiro em caixa para comprar a vacina contra a doença.

“Estamos preparados. Esperamos que a vacina esteja dentro do plano nacional de imunizações, mas o governador [Mauro Mendes] já anunciou que caso seja necessário, nós temos recursos para comprar nossas vacinas e distribuir para a população”, afirmou.

“A segunda onda será controlada no nosso País pelo advento da vacina. Nós já temos pelo menos duas ou três vacinas no Planeta prontas e com boa eficácia. É uma questão agora de logística, de aquisição e disponibilização para toda população”, acrescentou.

 

Por outro lado, o secretário declarou que o Estado precisará da ajuda do Governo Federal para manter as Unidades de Terapia Intensiva (UTI’s) criadas durante a pandemia numa possível segunda onda ou após o fim da pandemia.

 

“Nós tivemos uma boa interiorização da estrutura hospitalar, com criação de UTI’s em locais que já demandavam UTI’s. Para isso, o SUS é tripartite: depende de recurso da União, dos Estados e dos Municípios. O Estado está pronto para dar a sua parte, mas sozinho a gente não aguenta, precisamos que a União entre também”, disse.

 

Gallo frisou que até que a vacina seja disponibilizada, a população precisa tomar os cuidados necessários para que a segunda onda não chegue ao Estado.

 

“A população tem que continuar vigilante em relação à Covid. Nós tivemos um relaxamento das práticas sociais, como o distanciamento e uso de máscara. Isso pode de fato aumentar o contágio”, completou.

travoltajunior


Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: