Membros de facção são presos por assassinato de empresário

Sem BANNER

24 de novembro de 2020
1e730815e1a913adf90e9b099120925c
1e730815e1a913adf90e9b099120925c

Alexandre Alves foi sequestrado e morto em fevereiro de 2018; criminosos foram detidos nesta segunda

Dois membros de uma facção criminosa foram presos nesta segunda-feira (23), em Cuiabá, acusados de participar do assassinato que vitimou o empresário Alexandre Alves Antunes.

O crime contra o empresário de 42 anos, que atuava no ramo de obras, ocorreu no Bairro Recanto das Siriemas, na Capital, no dia 19 de fevereiro de 2018. A vítima foi encontrada em seu veículo VW Voyage, baleada na cabeça.

A investigação apontou que os dois suspeitos colocaram a vítima no porta-malas do próprio carro, possivelmente para levar a algum lugar afastado e aguardar a ordem de execução por parte de integrantes superiores da organização criminosa.

No entanto, a vítima conseguiu abrir o porta-malas e pulou do carro, sendo novamente capturada pela dupla. Houve luta corporal dentro do veículo e a vítima terminou atingida na cabeça.

Alexandre chegou a ser socorrido e encaminhado ao antigo Pronto-socorro de Cuiabá (PSMC), Porém, ele não resistiu aos ferimentos e morreu no mesmo dia.

A prisão foi feita pela equipe da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), coordenada pelo delegado Fausto Freitas.

Os detidos, de acordo com as investigações da DHPP, pertencem a uma facção criminosa.

 

Os dois serão posteriormente enviados à cadeia do Capão Grande, em Várzea Grande.

travoltajunior


Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: