Sargento da PM diz ter sido estuprada por subtenente dentro de UPA

Sem BANNER

25 de novembro de 2020
7b2474f9271cd7cba28a604ada41b322

Segundo a militar, crime foi na noite de 5 de junho, em Cuiabá, Inquérito será enviado à Vara Militar.

A sargento da Polícia Militar E.M.B. denunciou pelas redes sociais ter sido estuprada por um subtenente dentro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Verdão, em Cuiabá. O relato foi feito na segunda-feira (23), mas segundo ela, o crime ocorreu no dia 5 de junho, quando ambos estavam de plantão na unidade de saúde.

 

A militar relatou que, naquela noite, teria pedido para ele comprar água para ela. O  militar teria dito que iria levá-la para comprar. Segundo ela, o subtenente teria pego a chave da viatura e seguido até o 10º Batalhão. Ela diz que lá tomou água e quando voltou, ele teria a forçado a tocar no pênis dele.

Ela relatou ainda que teria repreendido a atitude e que depois ambos teriam ido para a UPA Verdão. A militar afirma que no local, o subtenente teria dito que eles precisavam fazer uma ronda interna. A militar relatou que isso já tinha sido feito, mas que o superior teria insistido. Durante essa ronda, o militar a teria empurrado para uma sala escura e a estuprado, conforme o relato dela.

E.M.B. contou que só conseguiu denunciar depois de ter entrado em pânico após terem dito que ela iria trabalhar sozinha no Comando Regional 1 e pensou que seria violentada novamente.

 

A Corregedoria Geral da PM disse que um Inquérito Policial Militar foi aberto, já concluído e que vai ser enviado à Vara Militar.

travoltajunior


Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: