ESQUEMA DE MAQUINÁRIOS

“De prefeito a detento”, o futuro incerto de “Garrincha”

Sem BANNER

26 de novembro de 2020
garrincha preso 2

Na frase popular, “Nada é tão ruim que não possa piorar” poderá ser adotada pelos prefeitos que disputaram a última eleição e foram derrotados por um integrante da oposição, assim como acontece no município de Jangada, onde as promessas de “pente fino”, auditorias e convocações de órgãos fiscalizadores, poderão resultar em multas, devoluções e até prisão.

O cenário político em Jangada ficou bem distinto desde a eleição de 2016, quando o atual prefeito, popularmente conhecido como “Garrincha” conseguiu a vitória, formando um novo grupo, adversário do então mais jovem vereador eleito no estado, Rogerinho Meira.

Os dois grupos foram tomando corpo no decorrer dos mandatos, desde 2017 quando Garrincha e Rogerinho Meira tomara posse, os dois já haviam demonstrado interesse em comandar a Prefeitura.

De acordo com informações de bastidores, a rivalidade tomou corpo quando o prefeito “Garrincha”, foi supostamente flagrado utilizando maquinário público, em benefício de particulares, na época, veículos de comunicações do estado, divulgaram a prisão do prefeito de Jangada, “Garrincha”.

Veja vídeo

Para muitas pessoas na cidade, a prisão de “Garrincha” foi atribuída ao cunho político, com pessoas que tinha interesses de tirar ele do cargo a todo custo, e a prisão seria uma mais rápida.
Entre rugas, trocas de farpas, ofensas e até supostas ameaças, os anos foram se passando, até que o inesperado aconteceu, coincidência ou não, uma “Mega Operação” conjunta das Polícias Civil e Militar que parou a cidade, virou destaque na imprensa estadual e nacional, ao prender vários integrantes da família do então pré-candidato a prefeito, Rogerinho Meira.

“Informações de bastidores apontam que o alvo era Rogerinho e depois seus parentes”.

Na operação foram encaminhados para Delegacia de Polícia, o pai, irmão e tio de Rogerinho. Fato que causou um transtorno na imagem política do político, que antes aparecia como favorito na opinião popular e depois virou dúvida.

“Mesmo com a imagem manchada, Rogerinho mais uma vez fez história na política do Estado, sendo eleito o prefeito mais jovens, como também pela eleição mais disputada, vencendo por apenas nove (09) votos”.

“O Mundo da Voltas”: para alguns apoiadores do prefeito eleito esta é a frase mais utilizada ultimamente na cidade, já agora, Rogerinho terá todas as condições de investigar, dentro dos parâmetros das Leis, todas as ações realizadas por “Garricha”, que já foi denunciado e é investido por diversos desvio de conduta, que caracteriza, irregularidades como superfaturamentos, que é também chamado de improbidade administrativa.

Em suas redes sociais,Rogerinho faz uma denúncia onde a atual gestão estava sucateando maquinários utilizados pela Prefeitura, com retiradas de peças e pneus, e que está procurando todos os recursos jurídicos para impedir a prática de crime contra o orgão público.

Será que a vingança é mesmo um “pastel que se come frio”?
Pelo que tudo indica, Rogerinho que já está utilizando das suas redes sociais, para fazer denúncias de supostas irregularidades da atual gestão, vai levar até as últimas consequências as investigações sobres as supostas irregularidades, durante este período de transição.

Será que “Garrincha” já entrou na fila para ser o próximo político a degustar da hospedagem do Centro de Custódia da Capital?

Rogerinho foi procurado para falar sobre o assunto, mas até o fechamento da matéria não respondeu as mensagens e nem atendeu os telefonemas.

Já o prefeito Garrincha, desde quando sofreu a inesperada derrota, entrou em isolamento e não está atendendo boa parte da imprensa.

Por Da Redação
Fotos: Reprodução

 

Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: