Polícia prende 3 por boca de urna e compra de votos em Cuiabá

30 de novembro de 20204min
e161fc77dcd96576bb66c65c12070332

Eles foram flagrados no Jardim Paulista com dinheiro em espécie e santinhos

Mais três pessoas foram detidas no final da tarde deste domingo (29) por prática de boca de urna, compra de voto e transporte de eleitores em Cuiabá. A ocorrência foi registrada na Escola Padre Ernesto, no Bairro Jardim Paulista.

A informação foi dada pelo diretor-geral do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT), Mauro Sérgio Rodrigues Diogo, durante o terceiro balanço feito pela instituição.

Conforme a Justiça Eleitoral, o trio foi detido com R$ 538 em espécie e material de campanha do candidato à reeleição, prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), e do vereador reeleito Chico 2000 (PL) – como santinhos e cartazes –, além de uma planilha com nomes de pessoas.

Segundo o diretor, os crimes de boca de urna podem render até quatro anos de detenção, pena que eventualmente substituído por penas alternativas, como doação de cesta básica e multas.

Boca de urna é um crime eleitoral que consiste em aliciar o eleitor, por meio da distribuição ou veiculação de propagandas políticas, para, assim, convencê-lo a votar em determinado candidato ou partido, especificamente no dia do pleito.

O crime de compra de votos prevê pena de um a quatro anos de prisão.

Já o transporte ilegal tem pena prevista de quatro a seis anos.

Ocorrências anteriores

Anteriormente, cinco pessoas já haviam sido detidas por suspeita de crime eleitoral. Uma delas estava com o vereador Marcrean dos Santos (PP), que foi flagrado fazendo boca de urna e transporte irregular de eleitores no Pedregal, mas acabou não sendo preso.

Um deles aconteceu na Escola Joaquina Cerqueira Caldas, no Bairro Poção, onde um eleitor foi detido com 116 santinhos do candidato Emanuel Pinheiro (MDB) no carro.

Um outro caso ocorreu no Bairro Oito de Abril, onde uma eleitora foi denunciada por estar, supostamente, abordando pessoas na rua. Confrontada pela Polícia, ela negou os fatos e disse que apenas conversava com seu genro. Mesmo assim foi conduzida ao Cadeião, que funciona no TRE.

Já na escola Quintino de Freitas, no Bairro Canjica, um homem foi detido por provocar tumulto em local de votação e foi levado para o Cadeião.

Na escola Maria Ribeiro da Silva, no Bairro Ribeirão do Lipa, os policiais detiveram mais uma pessoa pela suspeita de transporte irregular de eleitores.

Essas pessoas serão ouvidas pelas autoridades e poderão responder inquérito policial.

travoltajunior


Deixe uma resposta


Sobre Nós

CNPJ: 35.582.297/0001-25

Jornalista Responsável

José Maria do nascimento

DRT: 0002633/MT


Contato

Ligue para nós



Mais Lidas

11 de abril de 2021

Polícia prende 3 por boca de urna e compra de votos em Cuiabá

10 de abril de 2021

Polícia prende 3 por boca de urna e compra de votos em Cuiabá

10 de abril de 2021

Polícia prende 3 por boca de urna e compra de votos em Cuiabá