Decisão do governo sobre destino do VLT pode sair em semanas

Sem BANNER

4 de dezembro de 2020
8ea1e8ba7bd6a074763cec8ce394cfa6

Soluções e alternativas são levantadas em estudo, principalmente de viabilidade técnica e econômica

O governador Mauro Mendes (DEM) revelou à imprensa, na manhã desta terça-feira (01), que a decisão sobre a retomada das obras do VLT – Cuiabá/Várzea Grande já está “caminhando para o prazo final”.

 

Segundo ele, um estudo muito profundo do que fazer, quais são as alternativas, incluindo uma análise técnica e econômica, vem sendo realizado por empresas de consultorias contratadas que por conta da pandemia se atrasaram, mas que “em breve teremos notícias” da solução.

“Deveremos ter um veredicto final, que acima de tudo é técnico. Aquilo que é melhor para o Mato Grosso. Assim, como fiz aqui, uma análise técnica e econômica, e resolvemos concluir esta obra [ do Júlio Muller] apesar dos problemas”, garantiu o governador do canteiro de obras do Hospital Universitário Júlio Müller.

“[VLT] É uma decisão bastante complexa. São várias ações na Justiça. É o contrato rescindido por prática de corrupção e já confirmado pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso”, esclareceu ainda. A decisão, no entanto, não significa retomada da obra.

 

O governador já havia adiantado, ainda quando candidato, que teria um destino, não necessariamente a conclusão.

Além da questão jurídica, dos atrasos com a pandemia da covid-19, Mauro também lembrou que no ano passado a definição ficou prejudicada pelas trocas de secretário de Mobilidade Nacional.

travoltajunior


Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: