BARÃO DE MELGAÇO

Estado já adotou medidas para garantir planície alagada da Baía de Chacororé

Sem BANNER

11 de janeiro de 2021
334fe6a0ce20c4eda7b35b11ae865b27

Está em andamento na Baía de Chacororé, em Barão de Melgaço (113 km de Cuiabá), uma série de adequações para manter a planície alagada. A intervenção é feita com base nos estudos técnicos realizados pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) em 2020, e é acompanhada pelo órgão ambiental.

A secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, conta que entre as ações principais na região estão a desobstrução de canais que levam água para a baía e a reconstrução de barragens que mantêm a planície alagada.

“O que causa impacto de fato é a obstrução dos corixos que levam água, e dos barramentos que acabam sendo destruídos ou pela ação humana, ou pelo tempo. Estes barramentos devem ser sempre refeitos porque são de pedra, areia, e não podemos fazer uma barragem de concreto para preservarmos a localidade”, explica.

O relatório aponta que estes fatores exercem impacto negativo na região, e não estradas ou obras realizadas pelo Estado.

Em parceria com a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), as ações começaram em novembro do ano passado com a limpeza da estrada que dá acesso à barragem. Mas, as ações tiveram de ser interrompidas em razão das fortes chuvas na região, o que inviabilizou a circulação dos maquinários pela estrada. O serviço deve ser retomado assim que as condições no local permitirem.

O relatório técnico indicando as ações a serem executadas no local foi elaborado em agosto de 2020, e tem sido utilizado como base para a execução do serviço de enrocamento (depósito de uma barreira de pedra), a fim de proteger a barragem contra efeitos erosivos causados pelos fluxos de água. O objetivo da intervenção é a preservação da biodiversidade no local.

Por Da Redação
Fotos: Marcos Vergueiro 

Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: