Juíza condena ex-namorado de atiradora a prestar serviços comunitários

5 de fevereiro de 20212min
11d7a09630731f38bc2fee8192297512

O adolescente G. foi quem levou a arma que matou Isabele Guimarães à casa da família Cestari, na tarde de domingo.

G., o menor de 16 anos que namorava a atiradora que matou Isabele Ramos, de 14 anos, com tiro no rosto condomínio Alphaville I, em Cuiabá, foi condenado pela Justiça a prestar serviços comunitários durante 6 meses por ato infracional análogo ao porte de arma.

Foi ele quem levou a arma que matou a adolescente à casa da família Cestari, na tarde de domingo, dia 12 de julho, poucas horas antes do crime ocorrido.

Além de prestar serviços à comunidade uma vez por semana, por um período de 4 horas, a juíza Cristiane Padim da Silva, da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá, ainda sentenciou o menor a um ano de liberdade assistida.

A atiradora, que matou a “melhor amiga”, foi condenada à internação de 3 anos no Lar Menina Moça, anexo ao Centro Socioeducativo de Cuiabá, no Complexo do Pomeri. Que ela cumpre desde o dia 19 de janeiro.

A pistola Imbel calibre 380, arma usada para matar Isabele, pertencia ao pai do então namorado.

A defesa de G. se manifestará nos autos do processo, que tramita em segredo de Justiça por envolver menores.

Foto: Divulgação

Fonte: Reporter MT

travoltajunior


Deixe uma resposta


Sobre Nós

CNPJ: 35.582.297/0001-25

Jornalista Responsável

José Maria do nascimento

DRT: 0002633/MT


Contato

Ligue para nós



Mais Lidas

27 de fevereiro de 2021

Juíza condena ex-namorado de atiradora a prestar serviços comunitários

27 de fevereiro de 2021

Juíza condena ex-namorado de atiradora a prestar serviços comunitários

26 de fevereiro de 2021

Juíza condena ex-namorado de atiradora a prestar serviços comunitários