COMUNICAÇÃO EM LUTO

Prefeito lamenta morte de jornalista que foi reinfectada pela Covid-19

Elisângela Neponuceno faleceu na madrugada do último domingo (07), no Hospital de Referência contra a Covid-19
8 de março de 20212min
luto

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, manifesta o seu profundo pesar pela morte da jornalista Elisângela Neponuceno, aos 47 anos. A comunicadora faleceu na madrugada deste domingo (07), após ser reinfectada pelo novo coronavírus (Covid-19).

Em 2020, quando foi infectada pela primeira vez, Elisângela chegou a ter 75% dos pulmões comprometidos pelo vírus, mas conseguiu se recuperar. No entanto, desta vez, apesar de todos os esforços da equipe médica do Hospital de Referência contra a Covid-19 de Cuiabá, a jornalista não resistiu.

Elisângela Neponuceno deixa seu legado no jornalismo de Mato Grosso, onde estabeleceu sua carreira profissional como repórter, assessora de imprensa e também fundadora de veículos de comunicação.

“Aos três filhos, esposo e todos os familiares da Elisângela estendo minhas condolências e o desejo que o conforto do nosso Senhor alcance o coração de cada um nesse momento de muita dor e tristeza. Perdemos não só uma excelente profissional como também uma pessoa honrada que, com toda certeza, era a maior inspiração para os filhos e muito amigos”, lamenta o prefeito.

Por Da Redação
Fotos: Reprodução


Sobre Nós

CNPJ: 35.582.297/0001-25

Jornalista Responsável

José Maria do nascimento

DRT: 0002633/MT


Contato

Ligue para nós



Mais Lidas

13 de abril de 2021

Prefeito lamenta morte de jornalista que foi reinfectada pela Covid-19

13 de abril de 2021

Prefeito lamenta morte de jornalista que foi reinfectada pela Covid-19

13 de abril de 2021

Prefeito lamenta morte de jornalista que foi reinfectada pela Covid-19