Julgamento do caso Isabele é adiado e ex-amiga continua detida

Sem BANNER

4 de abril de 20213min
isabeli

O desembargador Juvenal Pereira da Silva, da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, votou contra o habeas corpus que pedia a liberdade da adolescente que atirou e matou a amiga Isabele Ramos, em Cuiabá.

A garota está internada no Complexo Pomeri, em Cuiabá, desde o dia 19 de janeiro, após ser condenada a 3 anos de internação por ato infracional análogo ao crime de homicídio doloso, quando há intenção de matar.

A sentença foi dada pela juíza Cristiane Padim, da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá.

Desde então a defesa vem tentando a soltura da jovem e, além do TJMT, já sofreu derrota no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e Supremo Tribunal Federal (STF).

O voto de Juvenal, que é relator do HC, foi proferido durante sessão na tarde desta quarta-feira (31).

O julgamento, no entanto, foi adiado após pedido de vistas do desembargador Rondon Bassil Dower. O caso tramita em sigilo.

O julgamento será retomado na próxima sessão, ainda sem data definida.

O caso

O crime ocorreu no dia 12 de julho de 2020, no Condomínio Alphaville.

A tragédia aconteceu quando o pai da atiradora, o empresário Marcelo Cestari, pediu que a filha guardasse uma arma que foi trazida pelo genro, de 17 anos, no quarto principal no andar de cima.

No caminho, porém, a garota desviou e seguiu em direção ao banheiro de seu quarto, ainda carregando a arma. Lá, ela encontrou Isabele, que acabou sendo atingida pelo disparo da arma.

A Politec apontou que a adolescente estava com a arma apontada para o rosto da vítima, entre 20 a 30 centímetros de distância, e a 1,44 m de altura.

O ex-namorado dela também foi condenado a prestar seis meses de serviços comunitários por ato infracional análogo ao porte ilegal de arma de fogo.

Já os pais da atiradora respondem a um processo separado pelo caso.

Eles foram denunciados pelo Ministério Público Estadual por homicídio culposo, entrega de arma de fogo a pessoa menor, fraude processual e corrupção de menores.

Por MDN
Fotos: Rogério Florentino


Sobre Nós

CNPJ: 35.582.297/0001-25

Jornalista Responsável

José Maria do nascimento

DRT: 0002633/MT


Contato

Ligue para nós



Mais Lidas

19 de abril de 2021

Julgamento do caso Isabele é adiado e ex-amiga continua detida

19 de abril de 2021

Julgamento do caso Isabele é adiado e ex-amiga continua detida

19 de abril de 2021

Julgamento do caso Isabele é adiado e ex-amiga continua detida