Caloteiro do Mapim é “chorume” na política

Sem BANNER

10 de abril de 20213min
chorume 1

Caráter, dignidade, reputação ilibada, hombridade, são características que qualificam uma pessoa, que tem como objetivo se tornar um agente público, um representante do povo, seja candidato a presidente de Bairro, vereador, deputado estadual ou federal, senador, governador até presidente, independente da função, credibilidade com a palavra é tudo, comprou e contratou, tem que pagar, para não entrar na lista dos caloteiros, um ser vil.

Neste momento de renovação na política, a “Força Jovem” faz toda diferença para “oxigenar” o cenário, ainda mais neste ano 2021, que antecede as eleições, porém, é prudente e conveniente que as condutas dos jovens que buscam este caminho, sejam pautadas na verdade, dignidade, com atitudes límpidas, dignas, honestas, cumprindo e honrando com seus compromissos.

Neste novo momento de transformação da política, não tem mais espaços para aquelas pessoas com atitudes caloteiras, desonestos, que promete, mas não cumpre, ainda mais a “Força Jovem” da política, que se de princípio não comungar das características da honestidade, é melhor nem começar, já que o “caminho de gente feio é por onde veio”.

De acordo com informações de bastidores e denúncias de várias pessoas, um candidato a vereador por Várzea Grande, derrotado nas últimas eleições municipais, residente no Bairro Mapim, contratou dezenas de pessoas para trabalhar, tanto em sua campanha, como também um candidato derrotado para prefeito, e não pagou ninguém.

Além do calote, em milhares de reais, a revolta dos trabalhadores enganados, é que o candidato a vereador derrotado, teria recebido o dinheiro de campanha, reformou a sua casa no Bairro Mapim, e comprou um carro novo, enganando vários trabalhadores.

Deboche e falta de respeito:

O candidato a vereador derrotado, que agora é apontado como caloteiro por várias pessoas, estaria passeando com o carro novo, “esfregando na cara” dos trabalhadores que ele ficou devendo.

Atitudes que caracterizam de um ser canalha, não é admitida pela “Força Jovem” da política, que pretende ingressar na vida pública.

Por Da Redação
Fotos: Montagem/Reprodução

Deixe uma resposta


Sobre Nós

CNPJ: 35.582.297/0001-25

Jornalista Responsável

José Maria do nascimento

DRT: 0002633/MT


Contato

Ligue para nós



Mais Lidas

5 de maio de 2021

Caloteiro do Mapim é “chorume” na política

5 de maio de 2021

Caloteiro do Mapim é “chorume” na política

5 de maio de 2021

Caloteiro do Mapim é “chorume” na política