Premiada realizadora queer ministra palestra com exibição de filmes na UFMT

Fonte: Gazeta Digital, créditos da imagem: Reprodução

Destaque pelas narrativas queer e colaborações em diversos projetos para streaming, a proeminente e premiada realizadora audiovisual Gautier Lee desembarca em Cuiabá, na próxima quarta-feira (03), para o “Bate papo com os crias – Edição Audiovisual”. O evento, realizado a partir das 19h, no Teatro da UFMT, compõe a programação expandida da 23ª MAUAL – Mostra de Audiovisual Universitário e Independente da América Latina, em parceria com a 7ª Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso e apoio do Sebrae-MT.

Na ocasião, Gautier Lee realiza uma palestra e bate-papo com o tema “Da Academia ao Empreendedorismo: Navegando pela Trajetória Universitária até o Mercado Audiovisual”, um mergulho na jornada inspiradora da roteirista e diretora queer negra.

A atividade segue a exibição de duas de suas obras: seu primeiro curta-metragem autoral ‘Desvirtude’ (2021) e o álbum visual de Pâmela Amaro ‘Samba às Avessas’ (2022).   Segundo a professora Letícia Capanema, supervisora do Cineclube Coxiponés e coordenadora da 23ª Maual, a atividade é “uma oportunidade única para estudantes, profissionais e entusiastas do audiovisual se conectarem, aprenderem e se inspirarem com a história de quem transformou sonhos em realidade”. Para participar, basta se inscrever gratuitamente pelo https://www.sympla.com.br/evento/bate-papo-com-os-crias-audiovisual/2519802.

Gautier Lee é uma das fundadoras do Macumba Lab, coletivo de profissionais do audiovisual negro no Rio Grande do Sul. Hoje, seu currículo leva projetos de diferentes serviços de streaming, com destaque para a série teen “De Volta aos 15”, protagonizada por Maisa Silva e Camila Queiroz. Além da Netflix, a realizadora também tem colaborações com as plataformas Amazon, Globoplay e Comedy Central.

Os filmes

‘Desvirtude’ (2021) conta a história de Kenia, uma menina negra estudante de Jornalismo que, após sofrer um episódio de racismo na universidade, tem de lidar com repercussões e retaliações de seu caso. Dirigido por Gautier Lee, o curta foi o grande vencedor do Prêmio Assembleia Legislativa – Mostra Gaúcha de Curtas na 49ª edição do Festival de Cinema de Gramado com a conquista dos troféus de melhor filme, melhor direção, melhor atriz e melhor montagem.

Já ‘Samba às Avessas (2022)’ é um álbum visual da atriz, cantora e compositora porto-alegrense Pâmela Amaro. Dirigido por Gautier Lee, a obra audiovisual aborda as histórias presentes em oito das 12 canções do álbum Samba às Avessas. O samba, prática social de resistência, herança da diáspora africana que constitui a cultura brasileira, tradicionalmente presente também no Rio Grande do Sul, é apresentado a partir de memórias, afetos e valores afro-civilizatórios como matriarcalidade, ancestralidade e oralidade.

Mostras de audiovisual

A palestra e exibição dos filmes de Gautier Lee compõem a programação expandida da 23ª MAUAL – Mostra de Audiovisual Universitário e Independente da América Latina, realizada pelo Cineclube Coxiponés da UFMT, de 09 a 13 de outubro, no Teatro Universitário, com o tema “Descaminhos do Centro”. A atividade também antecede a 7ª Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso, do Aquilombamento Audiovisual Quariterê, que ocorre no mesmo local, entre os dias 04 e 06 de julho, com o tema “Territórios e Territorialidades: disputa de narrativas”.

Serviço    Master Class Gautier Lee

Data: 03 de julho, quarta-feira;

Horário: 19h às 22h; Local: Teatro Universitário da UFMT;

Inscrições pelo Sympla: https://www.sympla.com.br/evento/bate-papo-com-os-crias-audiovisual/2519802     Mais informações pelo @cinecoxipones no Instagram ou no site: https://www.mostrauniversitariaufmt.com.

Comentários estão fechados.