Jorginho almeja primeiro fazer 45 pontos:”Depois o céu é o limite”

O técnico Jorginho exaltou a boa fase do Cuiabá após a vitória por 2 a 1 sobre o Juventude fora de casa, no último sábado (1), pela 20ª rodada do Brasileirão.

 

Com o resultado, o Dourado chega a uma sequência invicta de quatro jogos – sendo três vitórias e um empate – e dá um salto na tabela de classificação, conquistando a 8ª colocação, com 27 pontos.

 

“Estamos muito felizes por esse momento, sabendo que não alcançamos nosso objetivo. Precisamos entender que nós somos guerreiros, somos operários. Vamos trabalhar muito para alcançar, em primeiro lugar, os 45 pontos. E depois disso, o céu é o limite”, afirmou.

O treinador sempre deixou claro que o objetivo do Cuiabá é se manter na Série A. E 45 são os pontos necessários para se manter na primeira divisão, conforme cálculo das equipes.

 

Mas, também sempre ressaltou que, dependendo dos resultados, é possível sonhar com voos mais alto, como uma classificação para Sul-Americana.

 

Jorginho, contudo, mantém o pé no chão. Ele relembrou que está apenas dois meses à frente do grupo e muitas coisas precisam melhorar.

 

“No jogo contra o Juventude nós não fomos eficientes na defesa, porque quando a gente recuperava a bola, a gente não conseguia manter a posse e erramos muito passe, justamente na hora da saída. É algo que vamos intensificar nos treinamentos para que sejamos eficaz nessa transição ou num contra-ataque”, afirmou.

 

O Cuiabá volta a campo no próximo segunda-feira (20) contra o Fluminense, pela 21ª rodada do Brasileirão.

 

O jogo será às 19h (de Mato Grosso), na Arena Pantanal.

Comentários estão fechados.