Governo aguarda aprovação de lei para pagar adicional aos servidores da saúde

15 de julho de 2020
unnamed

O governador Mauro Mendes reforçou o pedido para que a Assembleia Legislativa aprove o projeto de lei, de autoria do Executivo, que propõe um adicional aos servidores da Saúde que atuam na linha de frente das unidades hospitalares que atendem casos de covid-19.

A proposta, que deve ser votada nesta quinta-feira (16.07), visa evitar a perda destes profissionais para as clínicas e hospitais privados. A compensação, assim que aprovada, só terá validade enquanto durar o estado de calamidade pública decorrente da pandemia.

O projeto do Governo de Mato Grosso também prevê que os profissionais contratados da Saúde que contraírem a covid-19 possam receber do Estado os valores dos plantões durante o período de recuperação. Ou seja, se nos últimos 14 dias antes de contrair a covid, o profissional fez 6 plantões, o Estado paga outros 6 plantões nos 14 dias em que ele estiver afastado.

“Esse projeto é uma questão de Saúde Pública. Queremos garantir que tenhamos médicos nas unidades hospitalares para atender aos mato-grossenses com coronavírus, que venham a precisar desse serviço”, afirmou o governador.

Mendes ressaltou que o Estado tem tido grande dificuldade para contratar novos profissionais e também sofre com o afastamento dos existentes. Além disso, há uma falta de profissionais de saúde no mercado, em especial aqueles habilitados para lidar com a pandemia.

Para citar um exemplo, hoje a remuneração de um Superintendente de Enfermagem -que coordena toda a equipe de enfermeiros que atendem casos de covid-19 em um hospital estadual – é de R$ 5 mil. O valor é inferior ao salário dos próprios enfermeiros que são coordenados por ele. Com a proposta, esse profissional receberia R$ 6.700.

“Precisamos oferecer salários que sejam compensadores, não só para manter os que já temos e contratar novos, mas como uma forma de valorizar e reconhecer esses profissionais que enfrentam a covid-19 e salvam muitas vidas diariamente”, explicou.

Conforme o governador, a Assembleia Legislativa tem sido uma grande parceira em todas as ações de enfrentamento à pandemia.

“Tenho certeza que os nossos deputados estão atentos à situação delicada de Mato Grosso. Conto com a ajuda da Assembleia para que, juntos, possamos preservar a vida dos mato-grossenses e a valorizar os nossos profissionais da linha de frente contra a covid-19”, completou.

Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: