Horário alternado para abertura do comércio evita superlotação em ônibus

30 de julho de 2020
7d8df746f6b502f32f56922ee2c7cbff

O decreto nº 8.020, assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), estabelece o retorno de diversas atividades econômicas na Capital. A reabertura do comércio, todavia, está diretamente ligada a uma série de medidas de biossegurança, que devem ser aplicadas pelos estabelecimentos. Uma dessas ações determinadas no documento é a variação no horário de funcionamento de cada setor.

Adotada a partir do diálogo com entidades representante do segmento produtivo local, a alternância no período de funcionamento é entendido pelo chefe do Executivo como uma forma de pulverizar o horário de pico. Dessa maneira, conforme o gestor, é possível evitar superlotação no transporte coletivo, congestionamento no trânsito, além de aglomerações em diversos locais frequentados por trabalhadores e público em geral.

A iniciativa faz parte do plano estratégico de retomada gradual e segura das atividades econômicas, que havia sido empregado pelo Município no primeiro semestre deste ano. No entanto, por cerca de 30 dias, o planejamento foi interrompido por conta da decisão judicial que impôs a quarentena coletiva obrigatória na Cidade Verde. Agora, com uma nova formatação jurídica e novo entendimento do decreto estadual, a programação foi resgatada.

Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: