De cobrador de ônibus, agente penitenciário à Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso

Sem BANNER

19 de agosto de 20201min
9baff69977ae6f9519c4b4aa9ce586f95f3bf50b6b028

Foto: Fablicio Rodrigues

Com pouco mais de um ano no mandato de deputado estadual, o ex-sindicalista João Batista (PROS) e primeiro-vice presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, assumiu nesta semana, a presidência da Casa de Leis. Ele substitui o presidente Eduardo Botelho (DEM), que se licenciou para tratar de Covid-19, já que a primeira-vice presidente Janaína Riva (MDB), também pediu licença para cuidar de sua gravidez de risco.

João Batista deve comando o parlamento pelos os próximos dois meses. Além de receber a presidência do legislativo, o deputado obteve uma grande conquista para a sua categoria de origem que é a dos agentes prisionais, ao promover por de uma lei estadual, aprovada na última terça-feira (18), elevando os agentes a policiais prisionais de Mato Grosso.

Mas poucos sabem que João Batista também foi cobrador de ônibus em Cuiabá por muitos anos, quando chegou de Pernambuco para a capital mato-grossense. João Batista é autor de vários projetos de lei que atendem os mato-grossenses nas áreas da saúde, educação e segurança pública.


Sobre Nós

CNPJ: 35.582.297/0001-25

Jornalista Responsável

José Maria do nascimento

DRT: 0002633/MT


Contato

Ligue para nós



Mais Lidas

23 de abril de 2021

De cobrador de ônibus, agente penitenciário à Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso

23 de abril de 2021

De cobrador de ônibus, agente penitenciário à Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso

22 de abril de 2021

De cobrador de ônibus, agente penitenciário à Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso