Polícia investiga possível estupro na UTI do Hospital Municipal de Cuiabá

20 de outubro de 2020
cd485d5ba48203373c7f8244b67715ef

Paciente acordou com dores e sangramento nas partes íntimas e decidiu acionar a polícia para investigar o caso

Equipes da delegacia dos Direitos da Mulher abriram um inquérito para investigar um possível estupro cometido contra uma mulher, que está internada em uma UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) do hospital municipal de Cuiabá. De acordo com o relato da vítima ela acordou na madrugada do último sábado com sangramento no ânus e secreções vaginais.

Ela chamou o médico, que acionou a polícia militar. Uma equipe foi até o local e registrou o boletim de ocorrência, repassando na sequência para a Polícia Civil.

Sete pessoas trabalhavam na UTI no momento do possível crime e estão sendo intimadas a prestarem depoimentos.

Em nota a direção do HMC informou que está auxiliando nas investigações e repassou os dados de todos os funcionários que tiveram acesso a paciente no período dos fatos.

Atualização:
A direção do Hospital Municipal de Cuiabá informou no início da tarde desta segunda-feira (19) que todos os homens que trabalharam no plantão da madrugada de sábado foram afastados das funções até o termino das investigações.

travoltajunior


Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: