Condenado por vender sentenças recorre para reaver cargo de desembargador

18 de março de 20212min
ae036932dbd57b36be29f0279b3d1849

Evandro Stábile entrou com um recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ), contra um decisão do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), que determinou sua perda do cargo de desembargador. O processo já foi encaminhado para julgamento e aguarda decisão do ministro Sérgio Kukina.

O ex-presidente do TJMT, o desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha foi quem proferiu a decisão da perda da função pública de Stábile, em 2020.  Carlos Alberto acatava uma determinação do STJ, dada pela ministra Nancy Andrighi, devido a desdobramentos da Operação Asafe.

O ex-desembargador foi condenado pela Justiça por aceitar e cobrar propina em troca de decisões judiciais. Ele caiu em uma operação da Polícia Federal (PF) que investigou venda e compra de sentenças.

Stábile havia sido aposentado compulsoriamente, no entanto, após a decisão de perda de função pública, ele perdeu seus direitos com o da aposentadoria. Em 2020, antes da sentença ele chegou a receber cerca de R$ 35 mil de aposentadoria. Desta forma, ela recorre à instância superior para reverter a situação.

Imagem: Reprodução

Fonte: https://www.reportermt.com.br/poderes/condenado-por-vender-sentencas-recorre-para-reaver-cargo-de-desembargador/133736

Deixe uma resposta


Sobre Nós

CNPJ: 35.582.297/0001-25

Jornalista Responsável

José Maria do nascimento

DRT: 0002633/MT


Contato

Ligue para nós



Mais Lidas

12 de junho de 2021

Condenado por vender sentenças recorre para reaver cargo de desembargador

12 de junho de 2021

Condenado por vender sentenças recorre para reaver cargo de desembargador

12 de junho de 2021

Condenado por vender sentenças recorre para reaver cargo de desembargador