Vereadores e técnicos da EMPAER-MT debatem melhorias para agricultura familiar de Leverger

13 á 20 – Banner Secundario – CAMARA DE CUIABÁ

Uma sessão voltada em atender as necessidades da população do campo, assim os vereadores de Santo Antônio de Leverger e juntamente com técnicos da EMPAER-MT, utilizaram da Casa de Leis, na noite da última terça-feira, 09.05.2023, para falar sobre o assunto.

Os representantes da EMPAER-MT, além de passar um relatório das principais atividades econômicas desenvolvida na região, mostrou áreas com potencial que merecem investimentos. Problemas como regularização fundiária, acesso ao mercado consumidor, condições para produzir mais e melhor, foram debatidos em plenário.

“Santo Antônio de Leverger tem um enorme potencial na cadeia produtiva de vários seguimentos, da produção de mandioca, ovos, galinha caipira, hortifruti, entre outros, porém cabe ações e investimentos de forma correta”.

Para os técnicos, desde questões básicas como informações sobre correção do solo, passando por melhoramento genéticos de animais produtores de leite, até o acesso aos documentos necessários para comercialização dos produtos, são detalhes que precisam ser tratados com os produtores, porque estando dentro das conformidades, viabilizam o aquecimento econômico, gerando emprego, renda e melhores condições de vida para quem trabalha no campo.

O vereador e presidente da Câmara Municipal, Rômulo Queiroz falou da importância das atividades desenvolvidas pelo poder público, com a EMPAER-MT, para levar melhorias aos produtores da agricultura familiar de Santo Antônio de Leverger.

Rominho disse que é preciso trabalhar com mais eficiência, para o poder executivo municipal, conseguir atender as demandas dos produtores da região. Na oportunidade, o vereador solicitou ao secretário municipal de agricultura, que atenda os produtores, com equipamentos que o município possui.

“Hoje, com a gestão Francieli Magalhães, Santo Antônio de Leverger vem sendo beneficiada com vários equipamentos, desde caminhão até tratores, o que não tinha antigamente, desta forma, estamos cobrando do responsável da pasta, para que realize ações que vão de encontro com a demanda dos produtores, uma coisa simples, como o transporte da produção do campo até a cidade em dia de feira, entre outras reivindicações”, explicou Rominho.

Para o presidente da Casa, a união entre os poderes já teve saldo positivo em vários setores, assim, na agricultura familiar não seria diferente. Rominho e os demais vereadores se colocaram a disposição, para colaborar no que for preciso, promovendo o desenvolvimento econômico do setor.

Fotos: Assessoria
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.