Construindo Novos Líderes: A Base Inconsciente da Vivência Familiar e seu Impacto nas Soft Skills

13 á 20 – Banner Secundario – CAMARA DE CUIABÁ

Construir e fortalecer as nossas Soft Skills é essencial no mundo em que vivemos E Segundo o relatório Future of Jobs, levantamento anual realizado pelo Fórum Econômico Mundial (2023), das 10 habilidades essenciais ao futuro do trabalho, apenas 03 não são soft Skils.

Em nossa busca incessante por líderes que se destacam nos cenários de inovação, empreendedorismo e criatividade, muitas vezes subestimamos a poderosa influência da vivência familiar nas chamadas “soft skills”, aquelas habilidades interpessoais e emocionais que são cruciais para o sucesso de qualquer negócio. É importante reconhecer que a formação familiar desempenha um papel fundamental na construção do caráter de qualquer indivíduo, independentemente de estarem cientes disso ou não.

Segundo a Forbes “À medida que a inteligência artificial e os robôs continuam a compartilhar o trabalho com as pessoas, quase todos os empregos vão mudar …. As pessoas que terão mais sucesso nesse ambiente do futuro são aquelas que cultivam soft skills.

No entanto, nem sempre esses moldes familiares são perfeitos. Às vezes, experiências familiares traumáticas ou modelos negativos de comportamento podem comprometer o desenvolvimento saudável das soft skills. É aí que reside a importância da conscientização e da capacidade de modificação dos reflexos negativos criados pela vivência familiar.

A análise profunda das origens da inabilidades de nossas soft skills é um passo fundamental para a transformação positiva. Ao compreendermos como nossa infância e experiências familiares moldaram nossa maneira de interagir com os outros, podemos começar a identificar os padrões prejudiciais e trabalhar na sua modificação.

Embora o processo de autodescoberta e modificação das soft skills não seja fácil, ele é essencial para o crescimento pessoal e profissional. À medida que líderes reconhecem a influência de suas vivências familiares em suas habilidades interpessoais, eles podem começar a buscar ativamente o desenvolvimento dessas habilidades.

A construção de líderes conscientes de suas origens familiares é uma jornada que nos leva a explorar nossas próprias raízes, a enfrentar traumas e a nos tornar líderes mais empáticos, comunicativos e resilientes. Essa é a chave para criar uma nova geração de líderes preparados para os desafios do futuro, com uma compreensão mais profunda da condição humana e a capacidade de moldar positivamente o mundo que nos cerca através das suas soft skills excepcionais.

Lauro Henrique Santos, Diretor e Treinador Comportamental do Instituto da Paz, especialista no desenvolvimento de habilidades socioemocionais.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.