“Copa do Brasil é bem mais difícil; foco do Cuiabá é a Série B”

9 de novembro de 2020
08a728247d4886ea95f5cb89190c14aa

Cristiano Dresch diz que clube tem que fortalecer a marca dentro do Estado

O empate em 0 a 0 contra o Botafogo na terça-feira (3), na Arena Pantanal, permitiu ao Cuiabá atingir um feito inédito na história do clube: chegar às quartas de finais na Copa do Brasil.

É a primeira vez na história que um clube de Mato Grosso chega tão longe na competição. Pelo resultado, o Cuiabá ganhou R$ 3,3 milhões de premiação.

Paralelo à Copa do Brasil, o Cuiabá também vive uma boa fase do na Série B do Brasileirão – na qual é o vice-líder. A sequência de bons resultados faz crescer a esperança e orgulho do torcedor auriverde.

O Brasileirão, inclusive, é o foco do Dourado, segundo o vice-presidente do clube, Cristiano Dresch.

“É uma competição que irá conseguir mudar o patamar do clube”

 

“A Copa do Brasil também é uma competição interessante, mas é uma fórmula completamente diferente, contra equipes muito mais qualificadas do que as equipes da Série B, com investimentos muito maiores. A dificuldade é outra, é bem mais difícil”, acrescentou.

 

O time vive a expectativa pelo sorteio das quartas de final, que acontece às 10h30 (horário de Cuiabá) desta sexta-feira (6) na sede da Confederação Brasileira de Futebol, no Rio de Janeiro. Apesar da possibilidade de enfrentar algum gigante como Flamengo ou São Paulo, Dresch diz não ter preferência por nenhum adversário.

 

travoltajunior


Deixe uma resposta

Curtir isso:

%d blogueiros gostam disto: