Policial Penal é aposta para ser vereador por Sinop

Sem BANNER

12 de novembro de 20205min
sinop agente

Lucivaldo se tornou aposta no (PROS), por causa do desejo do partido em voltar os olhos à base e também pela grande liderança que deposita em seus trabalhos voluntários, o objetivo é eleger, de fato, representantes, políticos que verdadeiramente conheçam o povo sinopense e as dificuldades que enfrentam.

Servidor do sistema penitenciário de Mato Grosso, representante sindical e ativista social, Lucivaldo Vieira é uma das principais apostas  nas eleições deste ano.

Assim como muitos outros que vieram para Mato Grosso em busca de uma vida melhor em meados da década de 90, quando houve a corrida para o estado em busca da exploração do solo e das riquezas minerais, Lucivaldo Vieira também veio.

“Vim em busca de oportunidade trabalho e em Cuiabá trabalhei por 12 anos em um escritório de contabilidade onde me deu base para estudar para concursos”.

Estudou, se qualificou e prestou vários concursos, passou em cinco e optou pelo sistema penitenciário, onde logo de inicio já ingressou ao sindicato da categoria que na época era junto com o da policia civil.

Participou ativamente na fundação do Sindicato dos Servidores Penitenciários (SINDSPEN), onde assumiu a Diretoria do Interior, e atualmente atua como conselheiro e diretor da Federação Nacional de Servidores Penitenciários (Fenaspen).

Além desses trabalhos sindicais, Lucivaldo também atua em trabalhos sociais e religiosos, o que conforme ele o faz muito feliz e completo, pois nesse trabalho ele percebeu a grande dificuldade que essas entidades passam para se manterem de porta abertas, em especial as filantrópicas.

“Por conhecer esse trabalho, as dificuldades que eles enfrentam, falta de recursos para manter as instituições de portas abertas é que resolvi que iria representar esse segmento, quero ser a voz desse povo, garantir que continuem prestando esse essencial e importante trabalho a sociedade sinopense.

Pai de três filhos, sendo um biológico e dois de coração, entende a importância desse trabalho social de cuidar das crianças, dos idosos e tendo uma esposa que trabalha na Apae, muitas vezes já compartilhou com ela as dificuldades que a entidade passa para se manter de portas abertas.

O Policial Penal que já era conhecido na classe, ganhou ainda mais destaque ao conseguir fundar o (PROS) em pouco tempo, formando uma base de 23 candidatos o que surpreendeu muitos partidos antigos.

Vieira, é servidor de carreira há quase 20 anos, sendo Policial Penal com formação em Gestão Pública.

“Serei um fiel fiscalizador dos recursos públicos, e a distribuição do mesmo”.

Lucivaldo frisa que apesar de ser negro e viver em uma região predominantemente branca, de descendente de italianos, alemães gaúchos, catarinenses e paranaenses, diz nunca ter sido maltratado ou discriminado, pelo contrário sempre foi muito bem aceito por essas comunidades, que não são racistas e o receberam de braços abertos e por isso se sente apto para concorrer a uma vaga na Câmara Municipal da Sinop.

“Quero trabalhar para garantir que todos tenham acesso a saúde e educação pública de qualidade, e que os PNE’s tenham seus direitos garantidos por lei respeitados”, finaliza Vieira.

Por Ana Barros
Fotos: Assessoria


Sobre Nós

CNPJ: 35.582.297/0001-25

Jornalista Responsável

José Maria do nascimento

DRT: 0002633/MT


Contato

Ligue para nós



Mais Lidas

19 de abril de 2021

Policial Penal é aposta para ser vereador por Sinop

19 de abril de 2021

Policial Penal é aposta para ser vereador por Sinop

19 de abril de 2021

Policial Penal é aposta para ser vereador por Sinop