Candidato em MT teria sido financiado por facção de Beira-Mar

17 de novembro de 20203min
13076ba8c73e4647d509aa68dee6cbf1

O candidato a vereador em Barra do Garças, Flávio Braga da Silva (MDB), mais conhecido como “Hulk”, é investigado por receber financiamento para campanha da quadrilha do traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar.

Na última quinta-feira (12), Hulk foi alvo da Operação Captura de Estado, deflagrada pela Polícia Federal, que investiga a infiltração de criminosos no poder público.

As informações foram divulgadas em uma reportagem do Fantástico, da Rede Globo, nesse domingo (15).

O grupo, tendo como uma das lideranças Maria das Graças Vieira Fernandes, conhecida como “Malévola”, em Barra do Garças, teria feito uma votação interna para escolher o político que seria financiado. Um dos critérios para seleção seria a ficha limpa do candidato para não levantar suspeitas, conforme a reportagem.

“Nós estamos tendo uma enquete no nosso vereador. O que ganhou foi o Hulk”, diz Malévola em áudio interceptado pela Polícia.

Em 2004, ela foi candidata a vereadora em Nova Iguaçu (RJ), mas não chegou a ser eleita. No dia da operação, a suspeita foi presa em flagrante ao tentar destruir um celular apreendido.

Em outro áudio para a facção, “Malévola” afirma que Hulk ajudaria os criminosos a enfrentarem o poder público e a polícia.

“Quero continuar ferrando a vida desse pessoal, mas para a gente continuar ferrando, é melhor ficar unido”.

Ainda conforme a reportagem, n cidade, os faccionados estavam ameaçando a população e exigindo que os moradores votassem em Hulk, dando início às investigações. Mesmo sendo alvo, ele continuou na disputa, mas recebeu apenas 14 votos em sua primeira candidatura.

Se eleito, conforme a PF, o candidato a vereador poderia agir seguindo as instruções da quadrilha como representante do crime na Câmara.

Traficante internacional

Líder do Comando Vermelho, Fernandinho Beira-Mar é considerado é considerado um dos maiores traficantes de drogas e armas da América Latina.

Ele foi preso na Colômbia, ao tentar unir forças com as FARC. Hoje, ele cumpre pena de 309 anos de prisão.

travoltajunior


Deixe uma resposta


Sobre Nós

CNPJ: 35.582.297/0001-25

Jornalista Responsável

José Maria do nascimento

DRT: 0002633/MT


Contato

Ligue para nós



Mais Lidas

15 de maio de 2021

Candidato em MT teria sido financiado por facção de Beira-Mar

14 de maio de 2021

Candidato em MT teria sido financiado por facção de Beira-Mar

14 de maio de 2021

Candidato em MT teria sido financiado por facção de Beira-Mar